Os nutrientes podem melhorar a função da sua tireoide – Drª Marcia Tornavoi

O funcionamento da tireoide é muito determinada por nossos níveis de micronutrientes e nossa saúde digestiva.
Você sabia que uma das melhores maneiras de ter uma tireoide saudável, o que leva a um enorme bem-estar geral, é com um plano de nutrição ideal?

Os papéis metabólicos da tireoide dependem de sinais de feedback de nutrientes específicos, sem eles há uma falta de expressão de uma variedade de atividades fisiológicas que acabam causando um declínio na saúde total.

Tireoide e fatores disruptivos:

Normalizar sua função é essencial para promover o metabolismo e auxiliar o crescimento normal e o desenvolvimento neurológico. Quando a saúde da tireoide sofre, a capacidade de todo o corpo de manter a homeostase é desequilibrada.

A Tireoide é uma glândula que se comunica com as glândulas suprarrenais, pituitária e hipotálamo, bem como com os rins, fígado e músculo esquelético. Quando a sua função está abaixo do ideal, centenas de processos enzimáticos são perturbados no corpo.

São muitos os fatores que contribuem para o declínio da saúde da tireoide, tais como:

Contaminação por metais pesados
Pesticidas, herbicidas e outras toxinas ambientais
Disbiose intestinal
Flutuações hormonais
Medicamentos como antibióticos
Falta de nutrientes possivelmente associada à desnutrição, dieta pobre ou diminuição da absorção de nutrientes de distúrbios relacionados, como SII (síndrome do intestino irritável)
Infecções crônicas possivelmente devido a problemas autoimunes ou alto estresse
Carcinógenos da dieta, como carne cozida em altas temperaturas ou fatores de estilo de vida, como fumar
Ingestão de álcool
Maus hábitos de sono

Sintomas de disfunção da tireoide:

O hipertireoidismo, ou excesso de hormônio da tireoide, regula positivamente processos específicos, como o aumento do gasto de energia que resulta em perda de peso. Infelizmente, o oposto é mais frequentemente verdadeiro na cultura ocidental de hoje. Baixas concentrações de níveis de hormônio da tireoide (hipotireoidismo) causam uma tireoide lenta caracterizada por:
 Gasto energético lento em repouso (capacidade reduzida de queimar gordura)
 Níveis elevados de colesterol
 Maior armazenamento de gordura
 Redução da energia para o cérebro
 Ganho de peso

O estresse oxidativo aumenta em condições de deficiência de nutrientes e desencadeia ainda mais um problema nas vias metabólicas.
As deficiências nos seguintes nutrientes podem se manifestar no corpo de várias maneiras. Alguns deles incluem:

• Distúrbios do humor, fadiga e pensamento cognitivo deficiente (deficiência de vitamina B6, tirosina, ômega-3 e/ou selênio)
• Alterações do cabelo, incluindo fragilidade, perda de pigmento ou alopecia. Também pode afetar sobrancelhas, cílios e unhas
(deficiência de zinco)
• Irritabilidade, depressão e erupções cutâneas
(deficiência de zinco, iodo e/ou vitamina B12)
• Anemia
(deficiência de vitamina B6, B12 e/ou ferro)
• Glândula tireoide aumentada (bócio)
deficiência de vitamina A)
• Complicações gastrointestinais como constipação, fertilidade prejudicada e saúde reprodutiva sexual, dormência e/ou dores agudas nas extremidades resultantes de danos nos nervos
(deficiência de vitamina B12 e/ou ômega-3)
• Níveis elevados de colesterol
(deficiência de ácidos graxos ômega-3)
• Imunidade enfraquecida
(deficiência de vitamina C, D, selênio e/ou zinco )

Restaure sua vitalidade repondo os nutrientes essenciais para melhorar a função da tireoide e ver mudanças positivas em sua energia e clareza mental.

Trabalhando juntos podemos identificar suas deficiências nutricionais e estabelecer um programa de reposições e reparação da sua saúde e bem estar geral. Não adie esta decisão, o tempo passa muito rápido.

Drª Marcia Tornavoi – Médica Nutróloga e Homeopata – CRM 58771 – RQE 40397
São Paulo – Consultório 11 3813-2261
Secretaria e Agendamentos 11 98848-3218

Deixe seu comentário

Dra Márcia Tornavoi 
Nutróloga e Homeopata

Graduada pela Faculdade de Medicina Estadual de São Jose do Rio Preto S.P. (FAMERP).

Membro da ABRAN (Associação brasileira de Nutrologia).

Titulo de especialista pela AMB/ABRAN. RQE 40397

Membro do Instituto de Homeopatia BioFAO

Postagens Recentes

Siga nosso Facebook
Nosso Youtube

Receba novidades em seu email