Atenção aos Sinais Corporais de Deficiências Nutricionais – Drª Marcia Tornavoi

As deficiências nutricionais que passam despercebidas ou sem motivo de alarme por longos períodos, podem levar a complicações de saúde que alteram a vida.
Diferentes áreas do seu corpo podem apresentar sinais indicando que algo está fisiologicamente errado. Estar em sintonia com as suas necessidades e ciente desses sinais de deficiências nutricionais é fundamental para a sua saúde e bem-estar.

Vitaminas e minerais ideais são requeridos pelo organismo para eliminar adequadamente as toxinas do corpo, promover as necessidades de saúde do seu sistema digestivo, sistema cardiovascular, metabolismo e força total do corpo.

Os sinais podem ser externos e internos e podem ser causados pela carência ou o consumo excessivo de uma vitamina ou mineral, que pode deixar seu corpo desequilibrado e deficiente em outro mineral.

Aprenda alguns destes sinais para que você possa detectar melhor como seu corpo está funcionando e permitir que procure ajuda de uma médica Nutróloga para te acompanhar e corrigir as falhas nutricionais.

Sinal # 1: Queda de cabelo e erupção cutânea

As deficiências nutricionais afetam a vida inteira de uma pessoa. Não apenas levam a um declínio na saúde física, mas muitos problemas influenciam a capacidade do indivíduo de manter um trabalho e uma vida social de qualidade.
A perda de cabelo e as erupções cutâneas no rosto podem afetar o desejo de se sentir confortável em locais públicos e pode ser o primeiro indicador de que há um desequilíbrio hormonal ou outra preocupação psicológica decorrente da ingestão inadequada de nutrientes.
Principais causa:
Deficiência de proteína
Deficiência de Vitaminas e minerais
Deficiência de Ferro
Desidratação
Deficiência de Gorduras de boa qualidade
Estresse
Gravidez ou Menopausa
Doenças da tireoide
Síndrome do ovário Policístico
Sono ruim
Doenças autoimunes
Baixa concentração de ácidos estomacais
Síndrome do intestino permeável

Sinal # 2: Problemas de saúde bucal

A saúde bucal reflete a relação que você tem com o consumo de nutrientes adequados em sua dieta, considerando que muitas vitaminas e minerais são responsáveis por proteger a cavidade oral. As deficiências nutricionais podem se manifestar de várias maneiras na cavidade oral e evoluir para desafios mais graves à saúde no futuro. Por exemplo, considere os seguintes nutrientes e seus efeitos nas estruturas de suporte da cavidade oral:

Vitamina A e D: Apoia a formação de esmalte dentário e epitélio oral, auxilia na absorção do depósito de cálcio e fósforo nos dentes, auxilia na cicatrização de feridas, apoia a função da glândula salivar
Vitamina C: Combate à infecção, acelera a cicatrização ao estresse na cavidade dentária e gengiva, apoia a formação de dentina e colágeno, auxilia na absorção de cálcio e ferro
Vitamina B12. Ajuda na saúde das gengivas e na cicatrização de feridas.

Ferro: ajuda a função das glândulas salivares e na estrutura dos dentes, língua e gengiva, regula a inflamação e está associado à capacidade de diferenciar sabores.

Zinco: O papel dos efeitos terapêuticos do zinco na saúde bucal não é claro, mas é um mineral importante essencial para uma resposta imune saudável e prevenção de complicações na língua, ajuda no paladar.

Sinal # 3: Cãibras Musculares nas Pernas

Cãibras musculares frequentes nas panturrilhas, arcos dos pés e uma sensação de facada nos dedos dos pés podem ser um sinal de que você é deficiente em um dos nutrientes críticos que trabalham em equilíbrio para controlar vários íons.
Você pode estar suando mais frequentemente do que antes, o que aumenta sua perda de eletrólitos. No entanto, se suas cãibras ocorrem em períodos de curto ou longo prazo, esse sintoma deve ser tratado adequadamente.

Deficiências relacionadas:

O magnésio é um dos nutrientes mais comuns em que somos deficientes. É também um dos minerais mais críticos no apoio à função nervosa saudável do corpo, auxiliando no relaxamento e contração muscular e atuando como um eletrólito nos fluidos corporais.
Os níveis de magnésio empobrecido podem levar ao desequilíbrio nos canais de íons cálcio em todo o corpo, que se manifestam como uma série de sintomas de saúde.

Juntamente com o magnésio, uma deficiência de potássio pode causar cãibras nos músculos das pernas.
O potássio também está envolvido na manutenção da integridade do fluido celular e trabalha em estreita colaboração com outros minerais, como o cálcio, para apoiar a função nervosa e o tônus muscular suave.

A absorção ou deficiência inadequada de cálcio também pode ser responsável por esses músculos tensos.
O cálcio está envolvido nas contrações musculares e auxilia na geração de impulsos nervosos.
A vitamina D é essencial para regular e aumentar a absorção de cálcio e pode ser uma causa subjacente ou outro problema subjacente da sua deficiência de cálcio.
No entanto, como os três nutrientes desempenham um papel importante na prevenção de cãibras musculares, é preciso pesquisar estas deficiências.

Sinal # 4: Erupções cutâneas vermelhas com comichão, acne e manchas

Vários problemas de pele estão associados a deficiências nutricionais. Condições da pele como psoríase, eczema , acne grave e até distúrbios de pigmentação da pele.

No entanto, entender a causa o ajudará a encontrar uma cura. Aprender se as manchas na pele são causadas pela falta de nutrientes adequados em sua dieta pode ser o primeiro passo para corrigir o problema.

As deficiências nutricionais mais comuns com essas condições incluem nutrientes solúveis em gordura, como vitamina A, vitamina D e vitamina
E. Além disso, os ácidos graxos ômega 3 e o ácido gama linoleico (GLA) são essenciais para a pele saudável.

# 5: Sensações anormais nas mãos ou nos pés

Você já experimentou um formigamento nos dedos dos pés? Que tal uma dormência nas mãos ou a sensação de alfinetes e agulhas nos pés? Esses sintomas menores e aparentemente insignificantes podem ser um sinal de um sério problema de saúde.
Os sintomas podem demorar a se desenvolver, mas se tornam mais graves e levam a sérias consequências à saúde ao longo do tempo.

Deficiências relacionadas

A vitamina B12 está envolvida em uma reação chave que regula a função nervosa, apoia a síntese de DNA e ajuda a regular níveis específicos de aminoácidos, como a homocisteína, de se tornarem tóxicos.

O folato é outra vitamina B envolvida em vias neurológicas semelhantes. Uma deficiência de vitamina B12 e folato está associada a condições inflamatórias em todo o corpo.

No entanto, problemas graves que podem surgir de uma deficiência de vitamina B como a Doença de Crohn podem ser mascarados por sintomas menos problemáticos desde o início.
Um desses sinais precoces do corpo é o dano neurológico manifestado como dormência ou formigamento em áreas do corpo, como mãos e pés.

Embora a vitamina B6 esteja presente em muitas fontes de alimentos e muitas pessoas nos países desenvolvidos tenham níveis saudáveis, existem fatores de risco que podem aumentar a deficiência de vitamina B6. Por exemplo: É mais comum em idosos, mulheres e fumantes.

Mesmo que em uma porcentagem da população, a deficiência de vitamina B6 ainda é uma preocupação, pois auxilia em muitas funções metabólicas, incluindo a função de neurotransmissores e o metabolismo de carboidratos, ácidos graxos, aminoácidos e ácidos orgânicos.
A vitamina B6 também está envolvida na condução nervosa e no impulso devido às muitas interações com outros nutrientes. A falta de vitamina B6 pode desencadear danos nos nervos se não for tratada por um longo período.

Procure uma Medica Nutróloga, ela será uma parceira essencial para orientar as reposições de nutriente, descobrir suas deficiências e acompanha-lo no desafio de manter-se em equilibrio.

Drª Marcia Tornavoi – Médica Nutróloga e Homeopata Bio-FAO. – CRM 58771 – RQE 40397
São Paulo – Consultório 11 3813-2261
Secretaria e Agendamentos 11 98848-3218

Deixe seu comentário

Dra Márcia Tornavoi 
Nutróloga e Homeopata

Graduada pela Faculdade de Medicina Estadual de São Jose do Rio Preto S.P. (FAMERP).

Membro da ABRAN (Associação brasileira de Nutrologia).

Titulo de especialista pela AMB/ABRAN. RQE 40397

Membro do Instituto de Homeopatia BioFAO

Postagens Recentes

Siga nosso Facebook
Nosso Youtube

Receba novidades em seu email